Carioca Lucas Silveira Entra na Vaga de Kelly Slater no Oi Rio Pro
09/05/2016 06h00 - Vanessa Pedra

Alegando motivos pessoais, o norte-americano Kelly Slater comunicou a World Surf League no domingo que não vem ao Brasil esse ano participar do Oi Rio Pro apresentado pela Corona no Rio de Janeiro.

Para substituir o surfista mais velho da elite com 44 anos de idade, foi chamado o atual campeão mundial Pro Junior, Lucas Silveira, carioca de 20 anos que ia disputar a triagem organizada pela Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) nesta segunda-feira na Praia de Grumari.

Com a desistência do onze vezes campeão mundial, sobe para quatorze o número de brasileiros que vai disputar o título do quarto desafio do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour 2016, que começa nesta terça-feira em Grumari.

Com a saída de Kelly Slater, as baterias do Oi Rio Pro foram modificadas e a primeira fase classificatória ficou assim:

OI RIO PRO - Vitória=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Segunda Fase:
1.a: Filipe Toledo (BRA), Kanoa Igarashi (EUA), Dusty Payne (HAV)
2.a: Gabriel Medina (BRA), Stu Kennedy (AUS), Leonardo Fioravanti (ITA)
3.a: Julian Wilson (AUS), Davey Cathels (AUS), Deivid Silva (BRA)
4.a: Italo Ferreira (BRA), Miguel Pupo (BRA), Bino Lopes (BRA)
5.a: Matt Wilkinson (AUS), Jadson André (BRA), vencedor da triagem ou Lucas Silveira
6.a: Adriano de Souza (BRA), Keanu Asing (HAV), vencedor da triagem ou Lucas Silveira
7.a: Nat Young (EUA), Michel Bourez (TAH), Alex Ribeiro (BRA)
8.a: Jordy Smith (AFR), Conner Coffin (EUA), Jack Freestone (AUS)
9.a: Jeremy Flores (FRA), Josh Kerr (AUS), Adam Melling (AUS)
10: Kolohe Andino (EUA), Wiggolly Dantas (BRA), Ryan Callinan (AUS)
11: Sebastian Zietz (HAV), Adrian Buchan (AUS), Alejo Muniz (BRA)
12: Caio Ibelli (BRA), John John Florence (HAV), Matt Banting (AUS)

O prazo do Oi Rio Pro 2016 apresentado pela Corona começa nesta terça-feira e vai até 21 de maio no Rio de Janeiro. Nos primeiros dias, a etapa brasileira da World Surf League vai acontecer na Praia de Grumari, pois a estrutura principal construída no Postinho da Barra da Tijuca teve toda sua base condenada pela série de ressacas que atingiram a orla carioca nas últimas semanas.

Mas, a arena do Postinho vai funcionar todos os dias com atividades dos patrocinadores do evento para o público, inclusive com telões na praia passando a transmissão ao vivo do evento.


Comentários(0)
O material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.
"Entrega teu caminho ao Senhor, confia nele e tudo o mais ele fará" (Salmos 37.5)